Enfrentando o “dragão nosso” de cada dia.

dragoes

Que em 2022 os nossos “dragões” sejam grandes o suficiente para nos desafiar e tamanho necessário para não nos desanimar. E se em algum momento um deles bater tão forte e der vontade de desistir, que tenhamos a “sorte” de termos amigos que nos ajudem a prosseguir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima