Minimalismo – para uma vida com mais consciência

Um assunto que vem despertando cada vez mais o meu interesse é o minimalismo. No documentário “Minimalism: A Documentary About the Important Things” é apresentado origem do tema através dos próprios criadores, Joshua Millburn e Ryan Nicodemus, e alguns exemplos de como as pessoas estão aplicando o minimalismo em suas vidas. 
 
O minimalismo é um estilo de vida no qual você descarta tudo o que não seja essencial. Ou seja, você deve possui apenas o mínimo necessário para se concentrar no que é realmente importante. 
 
Não é uma afirmação de que todo o tipo de consumo seja prejudicial, mas apenas uma maneira mais simples de viver que traz muitos benefícios como, por exemplo, redução de estresse, poder de liberdade e sentimento de mais valor nas coisas que você possui. 
 
Estou adotando essa prática aos poucos e o meu intercâmbio para NZ foi uma ótima oportunidade para experimentar o conceito com mais intensidade. Minha meta era viver os sete meses de intercâmbio apenas com as coisas que coubessem em uma mala e uma mochila, e assim eu fiz. 
 
Já no dia da partida percebi o quanto isso seria desafiador e incomum, pois ao postar uma foto no Instagram (jrgoncalves85) vários amigos ficaram surpresos que eu estava levando apenas UMA mala na viagem.
 
Minimalismo - para uma vida com mais consciência
 
Tenho que confessar que não foi nada fácil, pois ter poucas coisas implica em planejar muito bem a utilização delas. No caso de roupas, por exemplo, você precisa ser criativo para combinar as poucas peças, e mesmo assim você acaba repetindo o mesmo “look” toda semana. E em uma sociedade em que as pessoas se importam demais com a vida dos outros, você precisa aprender a não dar importância para o que os outros pensam, e também a lidar educadamente com comentários do tipo: “Essa blusa de novo!?” 
 
O conceito de minimalismo vai muito além de coisas materiais. Em sua vertente mais avançada busca-se diminuir também relacionamentos tóxicos e pensamentos negativos, ao passo que você se beneficia com o aumento de equilíbrio emocional e tempo para se dedicar a coisas que realmente importam. 
 
Uma definição sobre minimalismo apresentada no documentário e que concordo plenamente é: “Não é uma vida perfeita, mas um vida simples, com mais consciência”.
 
E você? Já ouviu falar sobre minimalismo? Adota este estilo em sua vida? Deixe nos comentários a sua opinião, pois gostaria muito de saber o que você pensa sobre o assunto.
 
Abraços e até a próxima. 

1 comentário em “Minimalismo – para uma vida com mais consciência”

  1. Melhor parte…

    "Em sua vertente mais avançada busca-se diminuir também relacionamentos tóxicos e pensamentos negativos, ao passo que você se beneficia com o aumento de equilíbrio emocional e tempo para se dedicar a coisas que realmente importam."

    Mas ainda assim…seria um pouco mais ousada…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima