sexta-feira, 27 de outubro de 2017

O tão esperado Halloween's Day da Etec

Hoje, dia 27 de outubro, foi o tão esperado Halloween's Day da Etec. Um evento planejado e produzido com tanto zelo e apreço pela professora Cibele Topan.

Como coordenador de curso fiquei muito satisfeito com as minhas três turmas, pois vi o quanto eles trabalharam para as apresentações e provas do evento. No entanto, o que me deixou mais satisfeito e, com muito orgulho deles, é que presenciei o quanto eles divertiram hoje e fizeram o melhor que podiam nas atividades de sua responsabilidade. Isso sem tentar trapacear ou arrumar briga com outras turmas. Muito pelo contrário, tive a oportunidade de ver a solidariedade de alguns ajudando alunos de outra turma que estavam com problemas em seu projeto.

Infelizmente, o resultado que muitos queriam não veio. Mas, se serve para alguma coisa, vocês alunos do ETIM Informática que tanto se esforçaram hoje, ganharam ainda mais o meu respeito, admiração, e um lugar muito especial nas minhas memórias de um dia divertido, surpreendente e inesquecível.



segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Violino #4 - Evolução dos meus 9 meses de estudo

Apesar da exaustiva carga de trabalho, este ano de 2017 tenho ficado com muito tempo ocioso e para ocupar este tempo resolvi fazer algo bem desafiador: aprender a tocar violino.

No vídeo a seguir está o resultado do 9 º mês de prática.

Somente depois que gravei o vídeo que percebi que estou tocando rápido demais essa música, e que se tocasse mais devagar poderia ter ficado um som mais nítido. No próximo mês tento gravar novamente.

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Poderia ter sido um espetacular series finale

Semana mais tranquila no trabalho por conta do feriado e resolvi passear em Campinas para distrair a cabeça. Meu plano era dar uma volta no centro da cidade e depois ir ao shopping para almoçar e pegar um cineminha no meio da tarde.

Estava eu explorando a selva de pedra no centro da cidade quando parei minha moto em um cruzamento. No entanto, o carro que vinha logo atrás não fez o mesmo e bateu na minha traseira, arremessando moto e condutor (vulgo, eu) alguns metros adiante.

Lembro-me de sentir o solavanco e de cada milésimo de segundo até bater contra o asfalto. Enquanto caía em câmera lenta, eu podia ouvir o som da moto quebrando, e de repente eu estava com a perna direita debaixo do motor e o braço esquerdo preso entre a corrente e a roda. Ao constatar essa minha situação, pensei: "Pronto, me ferrei legal agora!".

series finale


 
;