segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

10 melhores filmes que assisti em 2013

Com fim do ano tão próximo comecei a pensar essa semana nos melhores filmes que assisti em 2013 e resolvi criar um top 10 para colocar aqui no blog. Não é uma lista dos melhores de 2013, mas sim uma lista dos melhores filmes que eu, Júnior Gonçalves, assisti ao longo desse ano. Portanto, será uma lista com filmes de 2013 e também alguns antigos, além disso, será uma lista bem eclética, incluindo filmes de aventura, ação, drama, fantasia, romance e ficção.

Todos os filmes da lista estão colocados de forma arbitrária, sem preferência ou classificação, uma vez que cada um deles possui gêneros diferentes e me agradou por razões distintas, não sendo, portanto, possível de compará-los entre eles. Let’s go?


1º O voo
Só o fato do protagonista ser o Denzel Washington já faz filme merecer crédito, mas a história também é muito boa e faz você ficar preso sofá até o último segundo para saber o que vai acontecer. É um filme tenso, que nos faz toda hora mudarmos o nosso sentimento pelo protagonista (piloto) que, apesar de ter salvado muitas vidas, não temos exatamente a certeza de que ele é realmente um herói. A cena do acidente com o avião é muito bem feita, espetacular, de realmente tirar o fôlego. Depois dessa cena o filme se arrasta um pouco na trama e, na minha opinião, o filme poderia ser um pouco mais breve que ainda assim não perderia o seu glamour.



2º O Homem de Aço
Essa adaptação mais realista do Super-Homem ficou excelente! É certo que algumas cenas são muito forçadas para inserir o máximo possível de referências das histórias da DC Comics, mas o filme no geral trouxe uma história muito mais coerente para o filho de Krypton, Kal-El, mais conhecido por nós como Clark Kent. A história começa com a guerra civil em Krypton e vai até a primeira grande luta contra o general Zod. Os efeitos especiais durante as lutas são para tirar de vez da nossa memória aquelas cenas toscas da década de 80. Mas, o que realmente me agradou foi não terem feito da Lois Lane uma completa idiota como nos filmes e seriados antigos.



quarta-feira, 20 de novembro de 2013

A história das coisas - documentário

O documentário “A História das Coisas” (Story of Stuff, em inglês) foi lançado em dezembro de 2007 e já foi visto mais de 10 milhões de vezes somente nos site oficial www.storyofstuff.com. Através de simplórias, mas bem feitas ilustrações, a ativista Annie Leonard apresenta de forma didática os impactos no meio ambiente causado pelo processo de extração, fabricação, distribuição, consumo e descarte dos produtos industrializados. Além disso, ela mostra como a mídia nos influência para contribuir para o funcionamento do sistema que atenda aos interesses do Governo e grandes Corporações.

Segundo o site oficial, a missão do projeto é construir um movimento independente e descentralizado para transformar os sistemas de produção e consumo para atender a sustentabilidade ecológica e bem-estar social. Eu mesmo já assisti dezenas de vezes e recomendo a todas que assistiam para refletir sobre as atitudes que tomamos no dia a dia que contribuem para a “SETA DOURADA” do consumo.



.
terça-feira, 12 de novembro de 2013

Prevenindo-se contra LER/DORT

Muitos profissionais ao final de um dia de trabalho se queixam de cansaço, formigamento, dores nos braços, costas e pescoço, principalmente aqueles que fazem uso constante do computador. Esses sintomas, muitas vezes, são decorrentes de uma lesão muscular causada por uma postura incorreta durante um longo período. Conhecidas pelas siglas LER (Lesões por Esforços Repetitivos) ou DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho), tais patologias afetam tendões, músculos e nervos.

Segundo o Instituto Nacional de Prevenção às LER, tais distúrbios são a segunda maior causa de afastamento do trabalho no Brasil e atingem o trabalhador no auge de sua produtividade e experiência profissional, tendo uma maior incidência na faixa etária de 30 a 40 anos, sendo as mulheres as mais atingidas. De tão importante tal tema ganhou um dia especial: no dia 28 de Fevereiro é celebrado o Dia Internacional de Conscientização sobre as LER.


CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS

As principais causas de tais patologias são os movimentos repetitivos e postos de trabalhos inadequados, fazendo com que fiquemos em posturas inadequadas por muito tempo. Diante de um cenário assim, as conseqüências mais comuns são:

  • Tendinites - inflamações nos tendões;
  • Epicondilites – inflamações nos cotovelos;
  • Síndrome do túnel do carpo – inflamação do nervo na região do punho. 

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Steve Jobs em Stanfortd (legendado)

Fazendo uma faxina no meu laptop essa semana, redescobri um vídeo muito interessante que há muito tempo tinha visto e baixado da web. Como sabia que valia a pena, resolvi assistir novamente, mas dessa vez não resisti em compartilhar com meus leitores essa belíssima lição de vida.

O vídeo é de 2005 na universidade de Stanforf (EUA), onde Steve Jobs foi convidado a proferir um discurso para alunos e convidados durante a formatura daquele ano. No discurso, Jobs conta alguns episódios da sua história e, além de ser muito comovente, é também fonte de motivação para lutar por nossos sonhos.

Gostei tanto que depois quis saber mais sobre a história do Steve Jobs lendo a biografia dele. É um livro fantástico que mostra não apenas o lado "goodguy" dele, mas também o lado neurótico e muita vezes cruel na forma como ele tratava as pessoas. Mesmo assim, não dá para negar o quanto Jobs foi um homem brilhante que mudou completamente o mundo em que vivemos. Depois de ler a sua biografia, passei a admirar ainda mais essa grande pessoa que foi Steve Jobs.

Lendo a biografia de Steve Jobs
Lendo a biografia de Steve Jobs na varanda de casa


segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Kate e sua cadeira de rodas

Em meados de abril do ano passado eu e minha esposa nos mudamos para uma nova casa e para nossa surpresa, um dos nossos vizinhos já com certa idade, viúvo e que mora sozinho, nos mostrou que ainda há pessoas de bom coração nesse mundo. E, além disso, tivemos uma verdadeira lição de superação e vontade de viver que nos fez pensar em como devemos dar valor às pequenas coisas da vida.

Kate e sua cadeira de rodas

Há pouco mais de dois anos a cadela Kate da foto acima perdeu os movimentos das patas traseiras, mas nem por isso ela deixou de brincar, correr e latir desesperadamente quando vê um gato. Isso só foi possível graças à sua cadeira de rodas e ao enorme carinho, cuidado e amor do seu dono. Kate ficou paraplégica, mas com o uso do equipamento feito sob medida pelo seu dono, ela consegue se locomover sem dificuldade na rua ou em casa.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

A indústria do tabaco e suas estratégias

Há alguns anos, quando não se sabia dos malefícios causados pelo tabaco, fumar era chique, sinal de status na sociedade. Foi assim que nossos pais e avós começaram a fumar. Hoje sabemos de tais agravos, mas mesmo assim muitas pessoas continuam fumando. Por quê? Porque a indústria do tabaco mudou de estratégia.

A indústria do tabaco sabe que os adolescentes ainda não têm o córtex pré-frontal (área do cérebro responsável pela tomada de decisões de forma madura e sensata) plenamente desenvolvido (isso ocorre por volta dos 24 anos de idade, variando de pessoa para pessoa), e por isso são mais sujeitos a decidir sem pensar nas consequências. Por isso, hoje, a indústria do tabaco tem como principal foco os jovens de 15 a 24 anos.

indústria do tabaco e suas estratégias

E como atrair os jovens? Fazendo campanhas publicitárias onde jovens descolados aparecem fumando; patrocinando festas nas quais modelos bonitas e rapazes “sarados” e bem vestidos passam oferecendo cigarros gratuitamente, como um aperitivo; colocando os cigarros à venda ao lado de balas e chicletes, com embalagens coloridas e chamativas. E isso tem funcionado, infelizmente.

sábado, 5 de outubro de 2013

Saúde: Narguilé não é inofensivo

Como profissional de saúde e membro do Programa de Controle do Tabagismo de Águas de Lindóia (que é um programa do governo no qual recebemos pessoas que desejam parar de fumar, gratuitamente, pelo SUS), hoje venho somar forças ao Ministério da Saúde e ao INCA em sua nova campanha, que se destina a esclarecer a população sobre o uso do narguilé. Para quem não sabe o que é, transcrevo a definição de narguilé que está no site do INCA: 

"O narguilé, também é conhecido como cachimbo d' água ou shisha ou Hookah - é um dispositivo para fumar no qual o tabaco é aquecido e a fumaça gerada passa por um filtro de água antes de ser aspirada pelo fumante, por meio de uma mangueira. Por utilizar mecanismos de filtragem, o consumo de narguilé é visto como menos nocivo à saúde. Mas, na verdade, seu uso é mais prejudicial do que o de cigarros. Segundo a Organização Mundial da Saúde (2005), uma sessão de narguilé dura em média de 20 a 80 minutos, o que corresponde à exposição a todos os componentes tóxicos presentes na fumaça de 100 cigarros"
Narguilé não é inofensivo


quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Jovem Nerd, um "herói" da vida real

No dia 25 de abril de 2009 tive o prazer de conhecer duas personalidades da internet: Alexandre Ottoni e Deive Pazos, que atendem pelo codinome de Jovem Nerd e Azaghâl, respectivamente. Eles estavam em Campinas na FanMixCon 2009, um evento que engloba os mais variados gostos do mundo nerd.

Pra quem não os conhece, basta acessar o blog Jovem Nerd e tenho certeza que você não irá se arrepender, principalmente depois de ouvir o hilário Nerdcast. Já pra quem os conhece, e por alguma razão, podem não acreditar que realmente conheci o Jovem Nerd, segue abaixo as fotos que comprovam e recordam este memorável encontro com meus “heróis”.



Nunca fui a um evento como esse da FanMixCon, mas assim que soube que eles viriam tão perto da minha cidade, tive a absoluta certeza que não poderia perder essa oportunidade única de conhecê-los.

Depois de dias e dias planejando e revirando Campinas através do Google Maps, cheguei ao evento com o simples objetivo de ouvir o bate-papo com Alottoni e Azaghâl, e nunca imaginei que conseguiria chegar tão perto, a ponto de ter uma pequena conversa com eles.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Aos alunos do curso básico de informática

Fui convidado no mês passado a ministrar um curso básico de informática no programa de qualificação profissional “Via Rápida” do Estado de São Paulo. Há tempos que não ministro esse tipo de aula por que prefiro “pegar” aulas que desafiam minha capacidade de aprender coisas novas para ensinar depois. No entanto, resolvi aceitar a proposta para incrementar o salário do mês já que era por um prazo bem curto: duas semanas.

O problema de cursos básicos de informática é que o nível de conhecimento dos alunos é bem discrepante, alguns não sabem nem ligar um computador, enquanto que outros já sabem praticamente tudo o que o curso se propõe a ensinar. Trabalhar assim e manter a atenção de todos na aula não é nada fácil.

A turma com qual trabalhei neste curso básico de informática possuía realmente diferentes níveis de conhecimento e perfis de personalidades bem distintos e, o que a princípio seria uma dificuldade para dar aulas, tornou-se uma experiência enriquecedora como profissional e, principalmente, como ser humano.

turma do curso básico de informática 2013
Turma do curso básico de informática 2013

Há muito tempo não me divertia (e aprendia) tanto em sala de aula. Foram duas semanas de convívio com uma turma maravilhosa de diferentes idades, estilos e personalidades que, com certeza, sentirei muita saudades.

No último dia de aula, alguns momentos antes de finalizarmos o curso, os alunos me fizeram uma pequena homenagem de agradecimento. E o mais legal que eles usaram o power point que eu ensinei durante as aulas, foi muito legal! Além da homenagem de agradecimento, ganhei de presente uma linda cesta de produtos da natura e um cartão com a assinatura de todos os alunos.

cesta de produtos da natura
Presente dos alunos do curso

Presente dos alunos do curso
Presente dos alunos do curso


Para finalizar este artigo, sem começar a chorar, deixo a frase que sempre utilizava no começo das nossas aulas: “Vamos lá pessoal!”.

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Meu próximo investimento: Livro PHP Programando com Orientação a Objetos

Preciso me especializar mais na linguagem de programação php e pesquisando pela internet por um bom livro, descobri o “PHP – Programando com Orientação a Objetos” do Pablo Dall'Oglio que, pelas resenhas e opinião dos leitores, é o melhor livro de php da atualidade.

Resenha: O PHP é uma das linguagens mais utilizadas no mundo. Sua popularidade se deve à facilidade em criar aplicações dinâmicas com suporte à maioria dos bancos de dados existentes e ao conjunto de funções que, por meio de uma estrutura flexível de programação, permitem desde a criação de simples portais até complexas aplicações de negócio. O uso da orientação a objetos juntamente com o emprego de boas práticas de programação nos possibilita manter um ritmo sustentável no desenvolvimento de aplicações. O foco deste livro é demonstrar como se dá a construção de uma aplicação totalmente orientada a objetos. Para isso, implementaremos alguns padrões de projeto (design patterns) e algumas técnicas de mapeamento objeto-relacional, além de criarmos vários componentes para que você possa criar complexas aplicações de negócio com PHP.

Ficou interessado tanto como eu no livro? Segue abaixo link no site da editora e link de uma promoção no Submarino por tempo limitado. Aproveite!

Livro de PHP



sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Histórias hilárias da Informática

Pra variar um pouco sem fugir do tema do meu blog, resolvi essa semana postar umas piadas que muitas vezes acontecem na vida real com profissionais de informática, principalmente quem trabalha com help desk.

Por "increça que parível" ainda existem profissional "analfabetos" digitais, e o pior que muitos têm formação superior. Não que precisem ser experts em informática, mas se até meu pai que estudou até a 4ª série sabe usar o Excel, é de se esperar que os profissionais que trabalham com computador saibam ao menos o básico.


HISTÓRIAS HILÁRIAS DO COTIDIANO DE UM SUPORTE TÉCNICO DE INFORMÁTICA

Veja o que aconteceu em um Suporte Técnico de Informática. Esta é uma história verídica que ocorreu em uma famosa empresa de São Paulo. Não precisaria dizer que a pessoa que trabalhava no suporte foi demitida, mas ela esta movendo um processo contra a organização, que a demitiu por justa causa.

Segue o diálogo entre o ex-funcionário e o cliente da empresa:

- Help desk assistência, posso ajudar?
- Sim, bem... estou tendo problema com o Word.
- Que tipo de problema?
- Bem, eu estava digitando e, de repente, todas as palavras sumiram.
- Sumiram?
- Elas desapareceram.
- Como assim?
- Está preta. Não aceita nada que eu digite.
- Você ainda está no Word ou já saiu?
- Como posso saber?
- Você vê o Prompt C: na tela?
- O que é esse 'promete-se'?
- Esquece. Você consegue mover o cursor pela tela?
- Não há cursor algum. Eu te disse, ele não aceita nada que eu digite.
- Seu monitor tem um indicador de força?
- O que é monitor?
- É essa tela que parece com uma TV. A luzinha está ligada?
- Não sei.
- Bom, olhe atrás do monitor então, veja aonde está ligado o cabo de força. Você consegue fazer isso?
- Acho que sim.
- Ótimo. Siga para aonde vai o cabo e me diga se ele está na tomada.
- Tá sim.
- Atrás do monitor, você reparou que existem dois cabos?
- Não.
- Bom, eles estão aí. Preciso que você olhe e ache os dois.
- Ok, achei.
- Siga-o e veja se ele está bem conectado na parte traseira do computador.
- Não alcanço!
- Hum. Você consegue ver se está?
- Não.
- Mesmo se você ajoelhar ou se debruçar sobre ele?
- Ah, não, tá muito escuro aqui!
- Escuro?
- Sim, a luz do escritório tá desligada, e a única luz que eu tenho vem da janela, lá do outro lado.
- Bom, acenda a luz então!
- Não posso.
- Por que não?
- Porque estamos sem energia.
- Estão... sem energia...?

Longa pausa...
- Ah! ok, descobrimos o problema agora! Você ainda tem a caixa de papelão e os manuais que vieram com o seu micro?
- Sim, estão no armário.
- Bom! Então, você desconecta o seu sistema, pega tudo, empacota e leva de volta para a loja.
- Sério? O problema é tão grave assim?
- Sim, temo que seja.
- Bom, então tá. E o que eu digo na loja?
- Diga que você é BURRO demais pra ter um computador!!!

****************************************************************

USUÁRIO: Não consigo imprimir. Cada vez que tento, o computador diz: "Não é possível encontrar a impressora". Já levantei a impressora e coloquei-a em frente ao monitor para ele ver, mas o computador continua dizendo que não consegue encontrá-la.

****************************************************************

SUPORTE: Serviço ao Manual da HP. Sérgio falando. Em que posso ser útil?
USUÁRIO: Tenho uma impressora HP que precisa ser reparada.
SUPORTE: Que modelo é?
USUÁRIO: É uma Hewlett-Packard...
SUPORTE: Isto eu já sei. Quero saber se é colorida ou preto e branco.
USUÁRIO: É bege!

****************************************************************

USUÁRIO: De repente aparece uma mensagem na minha tela que diz "Clique Reiniciar"... O que eu devo fazer?
SUPORTE: O senhor aperte o botão solicitado, desligue e ligue novamente.
Sem pestanejar, o usuário desliga o telefone na cara do atendente e liga para o suporte novamente.
USUÁRIO: E agora o que eu faço?

****************************************************************

SUPORTE: Em que posso ajudar?
USUÁRIO: Estou escrevendo o meu primeiro e-mail.
SUPORTE: OK, qual é o problema?
USUÁRIO: Já fiz a letra 'a'. Como é que se faz o circulozinho em volta dela pra fazer o tal arroba?

****************************************************************

SUPORTE: Suporte do seu Provedor de Internet, bom dia. O que deseja?
USUÁRIO: Moço, a Internet também abre aos domingos?

****************************************************************

Depois de um tempo falando com o atendente do suporte.
SUPORTE: O que tem do lado direito da tela?
USUÁRIO: Uma samambaia!


Fonte: e-mail
sexta-feira, 26 de julho de 2013

Livro “Dinheiro é um santo remédio”

Na semana passada, dia 11, meu amigo Conrado Navarro, em parceria com o André Massaro, lançaram o mais novo trabalho deles: o livro “Dinheiro é um santo remédio: Cure Sua Vida Financeira e Nunca Saia da Forma” que, é claro, é sobre educação financeira.

Infelizmente não tive condições de ir à noite de autógrafos em São Paulo, mas já garanti o meu comprando-o pelo Submarino.

A proposta do livro é fazer você descobrir qual o verdadeiro significado de “saúde financeira” e, mais importante, como alcançá-la! Fazendo uma analogia à saúde física, os autores pretendem diagnosticar as “doenças financeiras” que prejudicam a relação das pessoas com o dinheiro e as impedem de alcançar o desejo de enriquecer.

Conheça mais sobre essa obra em um vídeo que o Conrado gravou para divulgar entre os leitores do seu blog.




Não perca está oportunidade e compre você também o livro
O dinheiro é um santo remédio”!

Clique aqui para comprar pelo Submarino e receber o livro em sua casa.


ATUALIZADO (30/07/2013)

Livro “Dinheiro é um santo remédio”
Meu exemplar do "Dinheiro é um santo remédio"

Acabou de chegar pelos Correios o meu exemplar do livro "Dinheiro é um santo remédio" que comprei no Submarino. Hoje mesmo começo a leitura, não vejo a hora!

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Como remover a USB com segurança

Para muitos este post poderá ser um tanto “basicão” e muito elementar, porém achei importante postar pelo mesmos motivos que me fizeram escrever o post "Por que desativar USB antes de desconectar".

Quando conectamos qualquer dispositivo USB em um computador surge na parte inferior do monitor ao lado do relógio um ícone semelhante ao da Figura 1.

Como remover a USB com segurança

Figura 1

Para remover com segurança o dispositivo USB posicione o ponteiro do mouse sobre o ícone e clique duas vezes com o botão esquerdo do mouse ou clique uma vez com o botão direito e selecione "remover hardware com segurança". A Figura 2 ilustra a etapa seguinte.

Como remover a USB com segurança

Figura 2

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Graduação à distância, eu defendo!

Olá amigos, mais uma vez estou aqui expondo minha opinião a convite do dono desse blog, o que me deixa extremamente feliz, uma vez que adoro escrever. Pensando no que iria compartilhar com vocês, resolvi usar minha mais recente decisão como assunto: estudar à distância (EaD).

A primeira vez que ouvi a respeito da graduação à distância, eu achei ridículo. “Ninguém deve estudar nada”, pensei, “O diploma nem deve ser reconhecido!”, porém, resolvi deixar de lado o preconceito, esse mal comum do ser humano, e pesquisar sobre isso. “Paguei a língua”, o diploma é igual ao de um aluno que fez o curso 100% presencial, e, em minha opinião, o estudo deve exigir muita concentração, visto que o aluno da graduação à distância não está todos os dias em sala de aula, e precisa se esforçar sozinho durante a semana. Além disso, quem quer estudar estuda! Não importa se é presencial ou à distância... já quem não quer, pode ir todos os dias na faculdade, que não vai adiantar de nada! Afinal, o que mais se vê nas faculdades que só oferecem cursos 100% presenciais são alunos especialistas em “latinha de cerveja” e “boteco em frente à faculdade”!


 EaD - Educação à distância

terça-feira, 7 de maio de 2013

Quem salvará nossas árvores?

Uma das vantagens de se morar no interior é a maior possibilidade de conviver próximo da natureza e não apenas na selva de pedra das grandes cidades.

Além de morar no interior, tive a oportunidade de conseguir um terreno para construir minha casa em uma rua cheia de árvores e bem perto de uma área verde, fato que resultou no privilégio de acordar todas as manhãs e dar de cara com uma linda paisagem que você pode conferir nas fotos abaixo:




Infelizmente, a ganância do ser humano fala muito mais alto que o senso de preservação e o interesse financeiro colocou em xeque a sobrevivência dessas árvores. Aos poucos, a área verde está sendo destruída e uma das árvores, a que o tucano esta descansando enquanto toma sol, já foi arrancada.



A Constituição Federal no artigo 225 do Meio Ambiente diz:

Art. 225 - Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações.

A minha esperança é que, no mínimo, o novo “dono” desse terreno esteja cumprindo a lei ambiental no que diz respeito à derrubada de arvores. Mas, sinceramente, duvido muito disso. Bom, nossa parte aqui em casa nós já fizemos, que foi denunciar a derrubada dessa arvore, cabe agora ao Poder Publico avaliar se o "dono" da terra pode ou não arrancar o restante das árvores.

Ah!... só respondendo a pergunta do título desse artigo: Quem salvará nossas árvores? Será nós mesmos, só resta saber quando tomaremos uma atitude.


sexta-feira, 5 de abril de 2013

O Tesouro de Bresa

Segue abaixo um texto muito interessante que, de tempos em tempos, releio para refletir se estou no caminho certo à procura do meu Tesouro de Bresa.

Há uma história chamada "O Tesouro de Bresa" na qual uma pessoa pobre compra um livro com o segredo de um tesouro. Para descobrir este segredo, a pessoa tem que decifrar todos os idiomas escritos no livro. Ao estudar e aprender estes idiomas, começam a surgir oportunidades na vida do sujeito, e ele lentamente começa a prosperar. Depois disso, ele descobre que precisa também estudar matemática para decifrar os cálculos matemáticos do livro.

Ele então é obrigado a continuar estudando e se desenvolvendo cada vez mais e, consequentemente, a sua prosperidade aumenta. No final da história, não existe tesouro algum – na busca pelo segredo, a pessoa se desenvolveu tanto que ela mesma passou a ser o tesouro. 

O tesouro de Bresa

O profissional que quiser ter sucesso e prosperidade precisa aprender a trabalhar a si mesmo com muita disciplina e persistência. Vejo com frequência as pessoas dando um duro danado no trabalho, porque foram preguiçosas demais para darem um duro danado em si mesmas.
Os piores são os que acham que podem dar duro de vez em quando. Ou que já deram duro e agora podem se acomodar.

Entenda: o processo de melhoria não deve acabar nunca. A acomodação é o maior inimigo do sucesso! Por isso que dizem que a viagem é mais importante que o destino.

O que você é acaba sendo muito mais importante do que você tem.

A pergunta importante não é "quando vou ter?", mais sim, "no que vou me transformar?". Não é "quanto vou ganhar", mas sim "quanto vou aprender?". 

domingo, 31 de março de 2013

5 anos de blogs e uma importante decisão

Mesmo sem saber ao certo qual seria a sua utilidade, há exatamente cinco anos eu me aventurava na internet procurando uma forma para criar este blog. É claro que não fazia a mínima ideia de aonde chegaria com este projeto, mas, olhando para o sinuoso caminho que percorri, estou muitíssimo satisfeito com o que aprendi e conquistei com ele.

Imaginava que quando houvesse tantas velinhas assim no bolo de aniversário do blog, eu estaria eufórico e realizando grandes promoções. Não que eu não esteja feliz com isso, muito pelo contrário, tenho muito a comemorar graças ao trabalho que iniciei aqui. No entanto, tenho que confessar que estou focado nos caminhos que devo tomar a partir de hoje em outras áreas da minha vida.

Recentemente algumas coisas aparentemente não relacionadas começaram a sugerir que eu não era mais o mesmo e que deveria trilhar caminhos diferentes em minha vida. Não estou dizendo que devemos tomar atitude precipitdas quando isso acontece, mas, quando elas ocorrem, é que vemos algo que estava diante de nossos olhos e não conseguíamos ver. Geralmente, quando isso acontece, temos o péssimo hábito de resistir em aceitar que algo chegou ao fim e que é a hora de seguirmos em frente passando para um novo ciclo.

quinta-feira, 21 de março de 2013

Casas construídas com garrafas pet

Sabe aquele monte garrafas pet que jogamos no lixo? Um morado do Espírito Santo encontrou uma utilidade para elas.
“Não sou engenheiro nem arquiteto, mas criei uma casa de garrafa pet que custa apenas R$ 8 mil. Como? Troquei os tijolos de cerâmica pelas garrafas descartáveis e assim reduzi o custo da construção. Se tivesse feito tudo da maneira tradicional, teria gasto o dobro."



Veja abaixo algumas fotos da construção de uma casa utilizando garrafas pet.

Casas construídas com garrafas pet

Casas construídas com garrafas pet

quinta-feira, 14 de março de 2013

Meu leitor feed preferido será "aposentado". E agora, José?

Primeiro foi o Echofon (extensão do Firefox para o Twitter), depois foi a vez do Timely (aplicativo para agendar tweets) e agora, para minha infelicidade, resolveram descontinuar (cancelar) também o Google Reader, meu leitor preferido de feeds/rss.

E agora? O povo sumiu, o Google esfriou, o Google Reader acabou, e agora, José?

Hoje pela manhã quando abri minha conta do Google pensei em verificar rapidamente as atualizações dos blogs que assino o feed e, para minha surpresa, me deparo com a seguinte mensagem da imagem abaixo.

Google Reader será aposentado


A princípio pensei ser algum tipo de erro, mesmo estando bem claro o teor da mensagem. Cliquei em leia mais e então veio de sobressalto a grande indagação: “Mas por quê?” O Google Reader é tão bom!

Fiz uma rápida pesquisa e descobri que além do Google Reader, a Google anunciou também o encerramentos de muito outros serviços, entre eles o Google Voice. Ainda em minhas pesquisas, descobri que muitas outras pessoas também ficaram indignadas com a notícia e criaram uma petição no site Change.org contra o cancelamento do Google Reader que, até o momento da publicação, havia mais de 15 mil assinaturas para a causa “Mantenha o Google Reader”.

Como a própria Google disse em comunicado aos usuários, o Google Reader será “aposentado” no dia 1º de julho de 2013 e para quem desejar, já está disponível um recurso para os usuários fazerem download de uma cópia dos seus dados pessoais para serem transferidos em outro produto agregador de feed. Eu, sinceramente, espero que a Google volte atrás com essa decisão. Mas, caso isso não ocorra, o melhor é começar a pesquisar outros serviços que atenda minha necessidade de assinatura de feeds. Alguém por aqui tem alguma sugestão?

terça-feira, 12 de março de 2013

ReclameAqui - a voz do consumidor na internet

O texto abaixo é um relato sobre minha dificuldade com assistência autorizada da fabricante de notebooks ACER. Ele foi postado originalmente no site ReclameAqui, que é um espaço do consumidor na Internet, no qual qualquer pessoa pode exercer sua cidadania expressando sua reclamação quanto a atendimento, compra, venda, produtos e serviços.

Segue abaixo então minha reclamação publicada no dia 26 de fevereiro de 2013


Assistência autorizada da ACER é lenta e desorganizada

Sempre gostei da qualidade da marca ACER e sempre optava por ela quando pensava em comprar um novo equipamento. No entanto, os últimos acontecimentos com a assistência autorizada da Acer têm mudado sensivelmente essa minha opinião.

ACER modelo Aspire 5741
ACER modelo Aspire 5741
Em novembro de 2010 comprei um notebook ACER modelo Aspire 5741 (Intel i3, 3GB memória, HD 250GB) que funcionou direitinho até terminar a garantia de dois anos. Três meses depois, comecei a ter dificuldade em carregar a bateria, pois o plug de energia começou a apresentar mau contato quando plugava o carregador no notebook.

Como não gosto de ficar trocando de computador e gerar lixo tecnológico desnecessariamente, decidi enviar o notebook para a assistência autorizada para consertá-lo, mesmo que financeiramente fosse mais interessante comprar um novo notebook mais moderno.

quinta-feira, 7 de março de 2013

Por que desativar USB antes de desconectar


Embora nem todos conheçam pelo nome, a USB¹ tornou-se indispensável para qualquer pessoa que use um mínimo de tecnologia. Mesmo quem ainda não tem computador (o que hoje em dia é raro) o conector USB é conhecido pelos usuários de diversos dispositivos tecnológicos como celulares, smartphones, câmeras digitais, mp3/mp4 players e os famosos pen drives.

Particularmente não consigo mais viver sem meu pen drive, pois a todo momento estou transferindo arquivos entre os computadores da minha casa, do trabalho e da faculdade, isso sem contar quando faço alguma serviço de manutenção e lá vai meu pen drive no bolso carregando aquele programinha para salvar o dia.

dispositivo usb

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Ergonomia para quem trabalha diariamente com computador

Cada vez mais ouvimos falar sobre doenças relacionadas a problemas de postura em pessoas que trabalham diariamente em frente a um computador. Essas doenças são genericamente chamadas de LER (Lesões por Esforços Repetitivos) e falamos sobre elas aqui no nosso post Previnindo-se contra LER/DORT. Hoje, reforçamos a importância desse assunto sugerindo mais dicas de posturas que devemos adotar ao trabalhar com o computador no nosso dia-a-dia.

O que são LERs?
As LERs são inflamações dos músculos, tendões e nervos que, na maioria das vezes, acometem os braços e as mãos. Elas podem ser evitadas, e são curáveis, embora possam deixar um trabalhador incapacitado temporária ou permanentemente para o serviço que exercia.

Como evitar?
As dicas abaixo sugerem a melhorar postura para quem trabalha com o computador. Seguindo essas dicas, você evita ou diminui consideravelmente a probabilidade de passar por esse tipo de problema.

Clique nas imagens para ampliar
Ergonomia no computador
Ergonomia no computador

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Entrevista com Elton Melo sobre graduação em Ciências Biológicas

Estava em uma roda de amigos um dia desses conversando sobre o curso de graduação de cada um e como andava mercado de trabalho de maneira geral. Depois disso, tive a ideia de convidá-los individualmente para falar sobre sua experiência de recém-formado e transformar nossa conversa em uma entrevista para publicar aqui no blog, pois, o depoimento de cada um como recém-formado pode ser muito útil para quem está em duvida se deve ou não cursar determinada faculdade.

O entrevistado de hoje nessa minha série de artigos sobre profissões é meu amigo de longa data Elton Melo, que é graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Paulista (UNIP) e trabalhou em algumas empresas do seguimento de biologia molecular e melhoramento genético de plantas, entre elas, a multinacional Monsanto, líder neste seguimento. Elton também foi professor na rede pública de ensino em Campinas e atualmente é mestrando na Unicamp no programa de Biologia Molecular e Genética no Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética com o projeto: O papel da regulação alostérica no metabolismo de sacarose em cana-de-açúcar sob a orientação do Doutor Renato Vicentini. Além disso, participa como pesquisador/orientador no projeto Novos Talentos desenvolvido pelo laboratório de regulação e expressão gênica com apoio da Unicamp e órgãos estaduais.

ciências biológicas

Confira na íntegra essa nossa conversa em forma de entrevista.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Eletrikus Brasiliensis e os Maias

Observação: A primeira versão dessa série de artigos era como o nome Katipsoi Zunontee. O nome foi alterado para Eletrikus Brasiliensis para que eu pudesse participar novamente do desafio com a mesma estrutura e estratégia.

Alguns estudiosos dizem por aí que Eletrikus Brasiliensis era um descendente de uma linhagem nobre dos Maias e um grande descrente da teoria do fim do mundo. Na verdade tudo isso não passou de uma grande confusão começou quando alguns guerreiros Maias viram Eletrikus Brasiliensis utilizar seus super poderes para evitar que um grande meteoro se chocasse contra o planeta Terra.

Depois desse episódio, os Maias começaram a cultuar Eletrikus Brasiliensis como um deus e por algum tempo Eletrikus precisou conviver com os Maias para tentar tirar da ideia deles que ele não um deus e sim, um guardião do universo que naquele momento precisou salvar o planeta Terra.

Eletrikus Brasiliensis e os Maias

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Eletrikus brasiliensis no 5º Desafio da MestreSEO

Este ano a equipe da MestreSEO está promovendo mais uma vez o seu Desafio de SEO. Para quem não sabe, esta é uma competição entre profissionais e curiosos de SEO que devem utilizar de suas estratégias para conquistar a tão sonhada 1ª posição no resultados de buscas do Google. E, tal como o ano passado, resolvi participar da “brincadeira” com minhas histórias malucas sobre super-heróis e criaturas interplanetárias.

Por motivos profissionais não poderei dedicar muito tempo ao desafio desse ano, mas, estou participando mesmo assim no tempo que é possível. No ano passado minha meta era ser um dos 20 primeiros colocados e ao final do concurso, fiquei justamente na vigésima colocação.

A palavra-chave desse ano é eletrikus brasiliensis e segundo o artigo da MestreSEO, este termo se refere a um esquilo de tom amarelado que possui a estatura aproximada de um cachorrinho. Ainda segundo o site da MestreSEO...

Estudos iniciais apontam que cada um destes “bichinhos” pode, em um dia, criar energia suficiente para alimentar uma casa por 1 mês. Com a descoberta, os pesquisadores indicam que em 2 anos, poderemos ter “fazendas” de “eletrikus brasiliensis”, uma vez que a geração de energia destes “bichinhos” ajuda em seu desenvolvimento e contribui para a sua felicidade.

Como este ano não poderei dedicar muito tempo ao desafio de SEO, meu objetivo será ficar novamente entre os 20 primeiros colocados nos resultados de busca. Sei que não será fácil, mas da mesma forma que aconteceu o ano passado, o máximo que pode acontecer é me divertir muito escrevendo minhas histórias sobre super-heróis e criaturas interplanetárias.

domingo, 13 de janeiro de 2013

Eletrikus brasiliensis disfarçado na série Fringe

Observação: A primeira versão dessa série de artigos era como o nome Katipsoi Zunontee. O nome foi alterado para Eletrikus Brasiliensis para que eu pudesse participar novamente do desafio com a mesma estrutura e estratégia.


FRINGE  é uma serie de TV que explora a tênue linha entre a ficção científica e a realidade. 

Quando um acidente aéreo ocorre em Boston, matando todos os passageiros e a tripulação de forma chocante, a agente especial Olivia Dunham á chamada para investigar e procura desesperadamente por ajuda e acaba conhecendo o Dr. Walter Bishop, considerado o Einstein da nossa geração. Só que há um problema: Walter esteve internado em uma clínica psiquiátrica pelos últimos 17 anos e a única forma de questioná-lo é pedindo ajuda a Peter Bishop, o estranho filho de Walter.

Seriado Fringe

Olivia Dunham (Anna Torv) - Uma jovem agente designada a investigar uma série de fenômenos sem explicação aparente.

Dr. Walter Bishop (John Noble) - Um renomado cientista (com um QI de 196) que trabalhou para o governo americano nos anos 1970.

Peter Bishop (Joshua Jackson) - Filho do Dr. Walter Bishop, com quem tem sérios problemas de relacionamento devido a uma infância conturbada por culpa do pai. Cético, e de vez em quando cínico é indispensável para a equipe por ser um "tradutor" das teorias de Walter.


Em todos os episódios do serie, um estranho personagem sempre aparece em algum momento como se estivesse observando os acontecimentos e justamente por isso, ele é conhecido por “observador”, mas o que Olivia Dunham, Dr. Walter Bishop e Peter Bishop não sabem é que na verdade esse observador é o devorador de mundos chamado Eletrikus brasiliensis

Veja abaixo os lugares onde Eletrikus estava escondido.

Eletrikus Brasiliensis
Eletrikus Brasiliensis

sábado, 12 de janeiro de 2013

Eletrikus Brasiliensis encurralado na caverna

Observação: A primeira versão dessa série de artigos era como o nome Katipsoi Zunontee. O nome foi alterado para Eletrikus Brasiliensis para que eu pudesse participar novamente do desafio com a mesma estrutura e estratégia.

Eletrikus Brasiliensis pensou em sair do planeta sombrio no segundo seguinte em que chegou, alguma coisa na atmosfera daquele lugar dava-lhe uma sensação de mau agouro e se não fosse pelo cansaço e fome, ele teria seguido sua intuição.

Começou então a vagar por aquele deserto sem vida a procura de um lugar para descansar e algo para comer. Depois de horas de caminhada o cenário daquele planeta começou a mudar, de uma deserto sem vida para montanhas cobertas neve e ventos gelados.

Ao longe, Eletrikus Brasiliensis, viu ao longe uma luz verde brilhante saindo na encosta da montanha, mas antes mesmo de decidir-se investigaria aquela luz ou não, uma espaçonave de terroristas intergalácticos cruzou o céu e pouso bem próximo de onde de onde emanava a luz verde brilhante. Curioso em saber o que terroristas estavam fazendo ali, Eletrikus seguiu em direção à montanha.

Katipsoi Zunontee encurralado

Chegando bem próximo da entrada da caverna de onde saia a luz, Eletrikus percebeu que somente um terrorista permaneceu na espaçonave, mas ele não estava montando vigia e foi muito fácil para Eletrikus  entrar na caverna.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Eletrikus Brasiliensis no planeta sombrio

Observação: A primeira versão dessa série de artigos era como o nome Katipsoi Zunontee. O nome foi alterado para Eletrikus Brasiliensis para que eu pudesse participar novamente do desafio com a mesma estrutura e estratégia.


Depois de refugiar-se na estrela Saiph durante a batalha que culminou na destruição do seu planeta, Eletrikus Brasiliensis precisou procurar uma forma de fazer contato com o seu povo e encontrar um novo lugar para chamar de lar, já que ali na constelação de Orion não havia mais nada que o prendesse ali.

Ainda muito jovem, Eletrikus tinha apenas começado seu treinamento de guardião e por isso, ainda não havia desenvolvido muito seus poderes. Viajar pelo espaço apenas com a força vital do seu povo, não foi uma tarefa fácil e durante dias ele viajou em busca de algum sinal de vida que o pudesse ajudá-lo a encontrar outros guardiões, mas o único planeta que encontrou no caminho estava aparentemente desabitado e como já estava cansado e há muitos dias sem comer, ele decidiu descer até aquele planeta. Muito antes mesmo de chegar ao solo do planeta, Eletrikus Brasiliensis sentiu uma energia muito ruim e percebeu que descer até ali não foi uma boa ideia.

Katipsoi Zunontee

Uma vastidão de morte havia caído sobre aquele planeta, estava totalmente devastado e cheirava a podridão, a vegetação havia sido queimada e a plantação que o fogo não conseguiu consumir, era incapaz de produzir alguma folha verde ou furto. Das pouquíssimas árvores que sobraram, os troncos sem vida pareciam agonizar em meio às cinzas e ao longe, podiam ser vista algumas construções em ruínas que provavelmente foram destroçadas por furações. No horizonte podiam ser visto grandes cadeias de montanhas e a julgar pelo cheio de enxofre no ar, muitos daquelas montanhas deveriam ser vulcões em atividades. De todos os planetas que Eletrikus poderia encontrar para abrigar-se, aquele era sem duvida, o mais sombrio e hostil.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

A origem de Eletrikus Brasiliensis

Observação: A primeira versão dessa série de artigos era como o nome Katipsoi Zunontee. O nome foi alterado para Eletrikus Brasiliensis para que eu pudesse participar novamente do desafio com a mesma estrutura e estratégia.


A verdadeira origem de Eletrikus Brasiliensis remonta milhares e milhares de anos, muito além do que os seres humanos podem imaginar. Na falta de uma palavra melhor para descrever seu início, ele “nasceu” em pequeno planeta chamado Ophir já extinto há muito tempo próximo à constelação de Orion.

Durante sua formação de guardião, Eletrikus permaneceu em seu planeta natal admirando a imensidão do universo que um dia ele teria como missão proteger, mas antes mesmo de terminar seu treinamento, o jovem guardião foi surpreendido por uma guerra galáctica que o obrigou a refugiar-se em uma estrela próxima ao seu planeta: a Saiph.

Constelação de Orion - origem de Katipsoi Zunontee
 

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Eletrikus brasiliensis - o guardião

Começou ontem, dia 09 de janeiro, o 5º Desafio de SEO da MestreSEO. Para quem nunca ouviu falar do Desafio de SEO da MestreSEO, essa é uma competição para a comunidade de SEO brasileira com a intenção de aplicar técnicas e táticas de SEO das mais variadas formas a fim de conquistar a 1ª posição do Google para um termo nunca visto antes.

Devido aos compromissos profissionais, não pretendo participar do desafio como no ano passado. No entanto, não poderia deixar de entrar na brincadeira e escrever algumas besteiras como fiz da outra vez. Segue abaixo minha pequena participação no 5º Desafio de SEO.

Observação: A primeira versão dessa série de artigos era como o nome Katipsoi Zunontee. O nome foi alterado para Eletrikus Brasiliensis para que eu pudesse participar novamente do desafio com a mesma estrutura e estratégia. 


Eletrikus Brasiliensis - O guardião

Eletrikus Brasiliensis é membro de uma legião de guardiões que defendem o nosso planeta (e muitos outros) das forças malignas de toda e qualquer galáxia do universo. A missão de um guardião é proteger a vida, nas suas mais variadas formas, contra qualquer tipo de ameaças intergalácticas e de catástrofes espaciais. Poucos conhecem a origem de Eletrikus Brasiliensis, pois há muitos anos o seu planeta natal (Ophir) sofreu um ataque de tão violento na primeira guerra intergaláctica, que o planeta foi destruído juntamente com todos os habitantes do planeta.

O único sobrevivente foi Eletrikus Brasiliensis que ainda jovem, precisou fugir durante muito tempo e refugiar-se em planetas hostis até ser resgatado pela suprema corte dos guardiões. Depois de terminar seu treinamento como guardião do universo, Eletrikus seguiu sua missão de proteger a vida nos planetas da via láctea, principalmente os que pertencem ao sistema Solar e possui a maior variedade de seres vivos.

 
;