segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

O melhor ano de todos do ETIM Informática

O ano de 2017 foi meu 5º ano como professor na Etec e o 3º como coordenador de curso no ETIM Informática. Ao longo deste tempo, aprendi e evolui exponencialmente a forma como faço meu trabalho. Bem lá no começo, tenho que confessar, eu ficava apavorado quando batia o sinal do início da aula, pois sabia que em poucos minutos uma turma inteira estaria olhando para mim e prestando atenção no que eu fosse falar.

Para minha sorte, a primeira turma compreendeu e foi paciente com a minha inexperiência, e tive ótimos colegas professores (Leandro, Lúcio e Poli) que foram meu suporte e mostraram-me o “caminho das pedras” desta difícil arte que é dar aulas de informática.

Durante todos esses anos, tenho que confessar também, pensei algumas vezes em desistir dessa profissão depois de alguns episódios desagradáveis com alunos e pais de alunos (não estudei tanto na minha vida para isso!), e em certos momentos em que eu me sentia completamente impotente diante de uma situação que estava fora do meu alcance, simplesmente eu tinha que aceitar os fatos e me conformar. Mas, felizmente, a maioria dos alunos que fui agraciado de ser professor, mereceram (e mereciam até mais) todo o esforço para fazer da sala de aula um lugar de aprimoramento profissional e pessoal, além de divertido, é claro.

Dentro da escola convivi com pessoas incríveis, que levarei comigo para o resto da vida. Alguns alunos serão lembrados pelo que eu aprendi com eles (Aos alunos do curso básico de informática), outros por terem "causado" muito (Não sei se choro ou se dou risada), alguns pelas trollagens e boas risadas (O dia em que trollei meus aluno no Facebook), e muitos outros por me ajudarem a mudar o mundo (Mudamos o mundo, agora a meta é ao infinito e além).



Depois de anos de experiência e aprendizado como professor e coordenador, decidi que era o momento de ir além e fazer o melhor ano de todos na minha carreira profissional. Certamente que havia as condições necessárias para cumprir com este objetivo, por várias razões que não vem ao caso, mas eu estava comprometido comigo mesmo de que teria uma dedicação extrema, incansável e eficiente para fazer que o ano de 2017 entrasse para a história do ETIM Informática.

Neste artigo apresento uma síntese das ideias inusitadas (para não dizer malucas e insanas), e as atividades realizadas ao longo do ano no ETIM Informática. Espero que ao terminar este texto, tanto eu quanto você leitor, possamos chegar à conclusão de que atingi satisfatoriamente meu objetivo de fazer de 2017 o melhor ano de todos.

Meu pequeno prazer malévolo

O primeiro dia de aula começou muito bem, com uma frase impactante que nos acompanhou durante o ano todo. Assim que tocou o sinal do início da aula, entrei na sala dos alunos recém-chegados do primeiro ano e sem dizer absolutamente nada escrevi na lousa:

"O ETIM Informática é difícil, exige sacrifícios, mas é recompensador"

Pedi para uma aluna ler a frase na lousa, finalmente então dei o "Bom dia" e, com a expressão mais sisuda que puder fazer, expliquei como funcionava o ETIM Informática.





A intenção dessa postura fechada e fria era "tocar a real" desde o início de que não seria nada fácil e que eles teriam que estudar muito se quisessem permanecer na Etec. O que é a mais pura verdade, e tenho certeza que todos os alunos vão concordar comigo neste ponto. Como a Natally mesmo disse uma vez, "o Júnior sente um pequeno prazer (malévolo) de assustar os alunos de logo cara, mas é importante para preparar o psicológico e o coração". É, admito, ela tem toda razão! 😅

Tal como nos anos anteriores, convidei no início do ano alunos recém-formados para compartilharem as suas experiências vividas no ETIM Informática.

Bate-papo com ex-alunos


Visando atingir o objetivo de ser realmente o melhor ano de todos, pedi aos alunos do segundo e terceiro ano que respondessem uma pesquisa com a seguinte pergunta:

"Na sua opinião, o que faria de 2017 ser o melhor ano de todos para o ETIM informática?".

Dentre as dezenas de respostas, as mais recorrentes foram: 1) Palestras técnicas; 2) Eventos de Informática; 3) Campeonatos de Jogos; 4) Integração com outras turmas; e 5) Atividades fora da sala de aula. Selecionei essas ideias e outras para direcionar meu trabalho e muito do que fiz veio dessa pesquisa que realizada com os alunos.



A ideia mais insana de todo o universo!

Apesar de ser muito malvado, como a Bruna mesmo gosta de dizer [risos], também faço o que estiver ao meu alcance para proporcionar momentos de descontração e alegria. E este ano as minhas ideias insanas extrapolaram todos os limites possíveis. Onde diabos eu estava com a cabeça quando propus uma vez por mês fazer Happy Hour!? Como justificar para a direção uma atividade extraclasse com esse nome!? É tão "fora da caixa" que nem eu mesmo acredito que tive coragem entrar na sala da Débora e pedir uma maluquice dessa! Muitos não sabem, mas eu não faria metade do que eu faço se não fosse a confiança da direção da escola em mim. Se querem agradecer alguém, agradeça a Débora por confiar e aprovar as minhas maluquices.

Com o objetivo de descontrair e integrar os alunos das diferentes turmas do ETIM Informática, realizamos as seguintes atividades no Happy Hour: Filme “Zootopia”; Futebol feminino; Aula de Zumba; Just Dance; Karaokê; Jogo de volêi misto; Campeonato de CS (Counter Striker); Campeonato de Tangram; Jogo de Queimada; Passa ou Repassa e Roda de Violão. Seguem algumas fotos:

Happy Hour do ETIM Informática

Happy Hour do ETIM Informática

Happy Hour do ETIM Informática

Happy Hour do ETIM Informática

Happy Hour do ETIM Informática

Happy Hour do ETIM Informática

Happy Hour do ETIM Informática

Happy Hour do ETIM Informática


Desde quando comecei a trabalhar na Etec que ouço alguns professores reclamarem da falta de um laboratório de hardware ou, pelo menos, um espaço mais adequado para trabalhar com os alunos as disciplinas práticas. No entanto, muito se falava e pouco se fazia a respeito para mudar esta realidade. Este ano (2017), com o professor Ivan Torres estando responsável pelos laboratórios da Etec, resolvemos abraçar essa ideia e investir esforços nessa empreitada que tanto nos fez falta no passado. Depois de “brigar" muito por um espaço, conseguimos uma sala compartilhada e, com a ajuda de alguns estagiários começamos a montar um laboratório de hardware para os cursos técnicos em informática.




Eventos de informática que agitaram a Etec

Da mesma forma que em anos anteriores, ofereci aos alunos a oportunidade para participarem gratuitamente de um Workshop de Criação de Blogs, e este ano teve até bolo de cenoura no café da manhã(!). Além disso, ofereci também várias vezes para dar aulas de reforço aos sábados, mas, infelizmente, nesse aspecto não tive a adesão por parte dos alunos como eu gostaria.

Workshop de Criação de Blogs

Workshop de Criação de Blogs

Workshop de Criação de Blogs

Workshop de Criação de Blogs


Juntamente com o professor Ivan Torres, trabalhei muito na organização da Jornada da Informática. Um evento idealizado para fugir um pouco da mesmice da sala de aula e trazer aos alunos palestras, minicursos e workshop com profissionais renomado no mercado. Infelizmente, mesmo trazendo ótimos profissionais como, por exemplo, a Youtuber Carolina Rossi que possui mais 400 mil seguidores e já foi duas vezes dar entrevista na Rede Globo, o evento em si foi um fracasso dada a pífia participação dos alunos.

Carolina Rossi na Rede Globo

Carolina Rossi


Pela primeira vez na Etec de Itapira tivemos uma Maratona de Programação, uma competição de várias horas em que os alunos se reuniram em equipes para criar algoritmos que resolvessem os mais diversos tipos de problemas lógicos da programação. A realização de um evento dessa proporção não seria possível sem a parceria do coordenador Ivan Torres e a colaboração de diversos ex-alunos que aceitaram o convite para ajudar na organização do evento que, inclusive, foi notícia no jornal Tribuna do dia 04/06/17.

Maratona de Programação

Maratona de Programação

Maratona de Programação

Maratona de Programação

Maratona de Programação

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Maratona de Programação



Aulas bizarras e o professor que virou meme

Eu não sei exatamente como começou, mas em uma das minhas tentativas de deixar a aula mais dinâmica e engraçada, acabei virando meme interno com a frase "Ganhou um BIIIISSSSS!!!!". 

Ganhou um bis!!!

Dentro da sala de aula, em cada turma, em cada disciplina, foi uma bizarrice atrás da outra para tornar as minhas aulas divertidas e marcantes. Tivemos desde aulas com temas nerds (Dia da Toalha), passando por vários filmes de heróis, por mensagens motivacionais e a triste aula (pra mim, é claro) em que ouvimos Wesley Safadão para criarmos o famigerado Safadômetro.

Aulas diversas na Etec

Aulas diversas na Etec

Aulas diversas na Etec

Aulas diversas na Etec

Aulas diversas na Etec

Aulas diversas na Etec

Aulas diversas na Etec

Aulas diversas na Etec

Aulas diversas na Etec

Aulas diversas na Etec

Aulas diversas na Etec


Aulas diversas na Etec
Frase por Marília (2ºC)

Aulas diversas na Etec

Aulas diversas na Etec


Os trabalhos que deram orgulho

Já no segundo semestre e muitos já cansados do ano letivo, os alunos me surpreenderam com excelentes projetos na Feira Tecnológica.

Feira Tecnológica Etec

Feira Tecnológica Etec

Feira Tecnológica Etec

Feira Tecnológica Etec

Feira Tecnológica Etec

Feira Tecnológica Etec

Feira Tecnológica Etec

Feira Tecnológica Etec

E como se a Feira Tecnológica não tivesse sido suficiente, eles arrasaram ainda mais na apresentação de teatro/dança do Halloween. Que orgulho!!!

Halloween Etec

Halloween Etec

Halloween Etec

Halloween Etec

Halloween Etec

Halloween Etec

Halloween Etec

Halloween Etec

Halloween Etec

Halloween Etec

Halloween Etec

Halloween Etec


O desafio do violino

Definitivamente, acho que bati a cabeça quando era criança, só pode! Pois invento coisas que nem eu mesmo dou conta de fazer. Para quem não sabe, prometi aos alunos que se a turma atingisse a meta de tirar 13 MBs (nota mais alta na Etec) na prova de física, eu tocaria violino na sala de aula para eles verem.



Desafio do Violino

Das três turmas participando do desafio, apenas o segundo ano atingiu a meta. Tenho certeza que eles fizeram isso só para me sacanear, pois a professora disse que nunca antes uma turma conseguiu tantos MBs assim em uma prova do segundo ano. Bem, promessa é promessa, e mesmo tremendo mais que vara verde, cumpri o acordo de tocar “brilha, brilha estrelinha” para eles no violino.

As outras turmas não atingiram a meta das notas, mas eles fizeram outras coisas que muito agradou a coordenação e os professores. Por isso, também fui lá “pagar o mico” de tocar violino para eles.

Quando terminou a semana de provas do 3º bimestre fiz uma surpresa. Consegui trazer dois músicos profissionais para fazerem uma apresentação de viola e violino durante o horário do almoço.

Apresentação violina e viola

Apresentação violina e viola


Projeto Multidisciplinar

Há tempos que nós professor buscamos uma forma de interligar o conteúdo das disciplinas e acredito que finalmente encontrei um ponto de ignição para essa metodologia. Propus à coordenação de pedagógica e aos professores utilizarmos os filmes "O Jogo da Imitação" e “Estrelas Além do Tempo” como objeto de estudo em comum. Dessa forma, cada professor poderia abordar um aspecto do filme de acordo com a visão da sua disciplina. Para auxiliar os professores, elaborei um projeto direcionando o que cada professor deveria fazer e quando. Pelo feedback dos alunos e dos professores a ideia veio de encontro ao que precisávamos e tivemos resultados bem interessantes.

Projeto Multidisciplinar

Projeto Multidisciplinar


A adesão na OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemáticas das Escolas Públicas) e na OBA (Olimpíada Brasileira de Astronomia) este ano foi muito inferior aos anos anteriores. No entanto, tivemos resultado positivos com a classificação de dois alunos para a segunda fase da OBMEP, e o aluno Lucas Sato, do terceiro ano, foi medalha de bronze na OBA. Uma conquista para o aluno e para a escola que foi notícia de capa no jornal Gazeta de Itapira.


OBA - Lucas Sato

OBA - Lucas Sato


Eu havia prometido que em 2017 não faria excursões com alunos para outras cidades. Não que eu não goste ou que não mereçam, mas é que há vários anos sempre sou eu que tenho que acompanhar os alunos, e por melhores que eles sejam, sempre dá algum tipo de problema na organização e há aquela preocupação de que pode acontecer. Afinal, são 40 adolescentes e apenas dois professores para tomar conta de todos. Mas acabou que no total acompanhei três excursões ao longo do ano.

Excursão com alunos Etec

Excursão com alunos Etec

Excursão com alunos Etec

Excursão com alunos Etec

Excursão com alunos Etec

Excursão com alunos Etec

Excursão com alunos Etec

Excursão com alunos Etec

Certamente que há mais coisas que poderia listar aqui, mas acredito que já deu para ter uma boa noção da quantidade de atividades que desenvolvi em 2017 estando na coordenação do ETIM Informática. A seguir fotos de outras atividades e da confraternização de fim de ano.



Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec


Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

Fotos diversas na Etec

E aí? O que você achou de todas essas atividades desenvolvidas no ETIM Informática? Será que atingi meu objetivo de fazer 2017 ser o melhor ano de todos? Adoraria saber a sua opinião, sendo meu aluno ou não.


5 comentários :

Bruna Alves disse...

Sem dúvidas foi o melhor ano.

Helen Muniz disse...

Não podíamos ter tido uma recepção melhor!
2017 foi mesmo incrível!

Natally Marcatti disse...

Sem dúvidas esse ano foi incrível! Que tal fazer 2018 ainda melhor?
#Junior volta a ser nosso coordenador

Natally Marcatti disse...

Brincadeiras a parte KKKKKK e Parabéns por ter cumprido esse enorme desafio.

Junior Gonçalves disse...

Natally, tenho certeza que vocês farão 2018 ser incrível, mas vocês não precisam de mim pra isso. O terceiro ano precisa "dar o sangue" para deixar boas memórias na Etec.

Postar um comentário

 
;