Um novo final feliz – Neurônio 2.0
quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Um novo final feliz

Se algum dia eu encontrar uma máquina do tempo e tiver oportunidade de mudar alguma coisa do meu passado, sei exatamente para quando quero ir: há 12 anos atrás.

Algumas decisões na vida nos conduzem a um caminho que, independentemente de serem considerados “certos” ou “errados”, definem a nossa trajetória em detrimentos de outras escolhas que poderíamos ter feito.

Steve Jobs, em seu discurso em Stanford, argumenta sobre a importância de seguir o nosso coração na hora de tomar decisões, e que essas decisões não parecem fazer sentido quando olhamos para o futuro, mas quando olhamos para trás vemos os pontos se conectarem e tudo começa a fazer sentido. 


Bom... querido Jobs... 12 anos se passaram desde que tomei uma importante decisão seguindo meu coração, e quando fecho meus olhos para tentar ligar os pontos, não encontro as razões por ter seguido um caminho no qual fui abandonado e tudo acabou em nada. Não sei qual é mais o meu lugar no mundo e quero voltar para casa, mas não há mais um lar para onde voltar. Não sinto ter abrigo em outros corações, e os que zelavam por mim foram embora, levando com eles as lembranças dos dias felizes.

Nós éramos feitos para ser perfeitos, deveríamos ser, mas nós nos perdermos em algum ponto. Onde errei? O que deveria ter feito diferente? São perguntas que recorrentemente perturbam meu sono. Dediquei tempo, paciência e uma vida para construir algo que desmoronou fácil como um castelo de cartas de baralho. 

Foi tudo real? Se foi, por que fui trocado como uma meia suja e alguém tão rápido está vivendo a vida que tanto sonhei? Eu tento acreditar em você, mas não consigo. Tudo está uma bagunça, sinto que os sonhos se foram, estou caindo cada vez mais fundo e perdendo a cabeça, a fé, e tentando disfarçar que não perdi a dignidade também.


Se eu pudesse começar novamente em um lugar bem distante eu poderia me salvar, me reencontrar, me reinventar e, quem sabe, encontrar um modo de fazer um novo final feliz.

0 comentários :

Postar um comentário

 
;