Entrevista com Elton Melo sobre graduação em Ciências Biológicas – Neurônio 2.0
sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Entrevista com Elton Melo sobre graduação em Ciências Biológicas

Estava em uma roda de amigos um dia desses conversando sobre o curso de graduação de cada um e como andava mercado de trabalho de maneira geral. Depois disso, tive a ideia de convidá-los individualmente para falar sobre sua experiência de recém-formado e transformar nossa conversa em uma entrevista para publicar aqui no blog, pois, o depoimento de cada um como recém-formado pode ser muito útil para quem está em duvida se deve ou não cursar determinada faculdade.

O entrevistado de hoje nessa minha série de artigos sobre profissões é meu amigo de longa data Elton Melo, que é graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Paulista (UNIP) e trabalhou em algumas empresas do seguimento de biologia molecular e melhoramento genético de plantas, entre elas, a multinacional Monsanto, líder neste seguimento. Elton também foi professor na rede pública de ensino em Campinas e atualmente é mestrando na Unicamp no programa de Biologia Molecular e Genética no Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética com o projeto: O papel da regulação alostérica no metabolismo de sacarose em cana-de-açúcar sob a orientação do Doutor Renato Vicentini. Além disso, participa como pesquisador/orientador no projeto Novos Talentos desenvolvido pelo laboratório de regulação e expressão gênica com apoio da Unicamp e órgãos estaduais.

ciências biológicas

Confira na íntegra essa nossa conversa em forma de entrevista.




Júnior Gonçalves: Olá Elton, primeiramente gostaria de agradecer por aceitar participar dessa entrevista e, para começar, gostaria que você explicasse para os nossos leitores como é formação de um biólogo. Quais são as áreas de estudos, duração do curso e exigências para a conclusão da graduação em Ciências Biológicas.

Elton Melo: Bom, sou eu que agradeço pelo convite e pela oportunidade de falar um pouco mais deste curso que para mim é fantástico!

O curso tem duração mínima de três anos para quem faz licenciatura e quatro anos para bacharelado, mas, este tempo pode variar pela escolha do turno em que se vai estudar. É muito importante que a pessoa que se interesse pelo curso veja o que é oferecido pela instituição de ensino escolhida, pois algumas instituições oferecem as duas certificações, enquanto outras oferecem apenas uma ou outra.

O curso é muito abrangente por isso foi a minha escolha! Ele te possibilita seguir um enorme leque de vertentes. Alguns exemplos: Zoologia, microbiologia, fisiologia, imunologia, parasitologia, citologia, bioquímica, botânica, histologia, embriologia, ecossistemas terrestres e aquáticos, toxicologia, educação ambiental, biologia molecular e genética que são as minhas preferidas e minha área de atuação. Além destas, há muitas outras surgindo como, por exemplo, a biopsicologia e a biogeografia.

Na formação é obrigatório a apresentação de um TCC (trabalho de conclusão de curso) e estágios na área de atuação que o aluno escolher, ou em escolas no caso de licenciatura.


Com uma abrangência tão grande de disciplinas essenciais na graduação de Ciências Biológicas, quais sãos as áreas de atuação de um biólogo e quais as possibilidades de carreira desse profissional?

Como disse anteriormente, o leque de atuação de um biólogo é muito vasto. É possível trabalhar na área de saúde humana, desenvolvimento de novos fármacos, pesquisa de doenças, plantas, insetos, etc. São muitas oportunidades dependendo da área de interesse do profissional, podendo atuar em empresas, laboratórios, escolas, zoológicos, reservas florestais, entre tantas outras.


Com relação à qualidade do ensino e a preparação do profissional, você saberia nos dizer se há diferenças entre as faculdades? Existe, por acaso, algum órgão governamental que as regulamenta a profissão?

Sim, há diferenças entre faculdades que oferecem o curso. O primeiro passo é saber se o curso em determinada instituição de ensino é somente autorizada ou reconhecida pelo MEC, muitas instituições apenas tem a autorização de ministrar o curso, mas não possuem o reconhecimento e isso impossibilita o graduando de receber um diploma na conclusão do curso, ele recebe um certificado de conclusão até o reconhecimento do curso pelo MEC.

O órgão responsável pela regulamentação da profissão é o CFBio(conselho federal de biologia) e o CRBio(conselho regional de biologia).


Falando sobre você Elton. O que te motivou a querer estudar Ciências Biológicas?

Além da grande abrangência do curso em varias áreas, sempre gostei de insetos e fazer experiências com eles em casa! Eu assistia muito ao programa “O Mundo de Beakman”, além de outros do mesmo gênero que passavam na TV.


Entre os seus colegas de graduação, você saberia nos dizer se todos estão trabalhando como biólogos? E quais as áreas de atuação que a maioria seguiu?

Muitos dos que se formaram comigo não estão trabalhando na área e outra grande parte se voltou para o ensino em escolas, uma minoria seguiu para laboratórios e meio ambiente.


Como você enxerga o mercado de trabalho para o recém-formado em Ciências Biológicas? Em média, qual é o valor salarial de um profissional em início da carreira?

O mercado de trabalho não é tão fácil para quem não gosta de lecionar, pois as maiores ofertas de emprego estão na licenciatura, ou seja, dar aulas!

De acordo com o CFBio o salário base de um biólogo é de 6 salários mínimos de acordo com o valor de salário mínimo vigente no país. Aí esta um grande problema que nos biólogos enfrentamos, pois muitas empresas contratam um profissional formado em Ciências Biológicas, mas inventam outras denominações para o seu cargo, só para não terem que pagarem o salário base do biólogo.


Quais foram suas maiores dificuldades durante os quatros anos de faculdade? E como foi que você as superou?

O curso de Ciências Biológicas, como qualquer outro, exige muito do aluno, e a principal dificuldade foi conciliar trabalho com os estudos. Só quem já passou por isso sabe como é trabalhar o dia todo e estudar a noite, ainda mais em outra cidade! Mas com muita garra e determinação também consegui, assim como vários outros amigos meus.


Quais as suas expectativas de recém-formado? Tem planos de continuar os estudos em uma pós-graduação?

Como todo recém-formado a expectativa é de trabalhar em sua área de formação fazendo o que gosta. Eu, graças a Deus, consegui emprego na empresa que fiz estágio e no momento estou fazendo mestrado em Biologia Molecular e Genética, pois também tenho o sonho de dar aulas para o ensino superior.


Elton, muito obrigado por compartilhar conosco a sua experiência. Peço que, por favor, deixe uma mensagem aos leitores que por ventura desejam, como você, cursar uma faculdade de Ciências Biológicas.

Para ser biólogo além de muito estudo e empenho, precisa gostar de varias áreas e não somente uma. A principal é gostar de ministrar aulas, pois, é onde tem o maior número de vagas!

Eu, particularmente, gosto de ministrar aulas, além de gostar muito da área de pesquisa com plantas que é com o que trabalho atualmente. O foco é aproveitar bem o curso e definir o seu caminho, pois como eu disse, o curso é bem abrangente e por isso, o biólogo necessita se especializar em alguma área especifica. Os cursos de especializações são fundamentais, e quem quiser mais, se volte para um mestrado e doutorado que te ajudará muito no conhecimento, além de possibilidades profissionais.

Biólogo é biólogo em todos os lugares e em tudo o que faz, protege, preserva e cuida de tudo o que tem vida, pois nós estudamos e tentamos entender a vida em todas as suas formas e interações.

Boa sorte a todos os futuros biólogos e um forte abraço!
 

1 comentários :

Vitória disse...

Olá Elton,
meu sonho é cursar Engenharia Florestal, porém dizem que é um curso muito específico e "fechado".
Então, pensei em fazer primeiro Ciências Biológicas e depois uma pós em Eng Florestal.
Você acha que seria possível?

Postar um comentário

 
;