Steve Jobs – um revolucionário da tecnologia – Neurônio 2.0
sábado, 25 de fevereiro de 2012

Steve Jobs – um revolucionário da tecnologia

O co-fundador da Apple, Steve Jobs, faleceu no dia 05 de Outubro de 2011 aos 56 anos. Reconhecido por ser foi um visionário que revolucionou o modo de se consumir tecnologia no mundo atual, este post conta um pouquinho da história desse pioneiro na área da computação.

Nascido em São Francisco, em 24 de fevereiro de 1955, Steven Paul Jobs foi um dos maiores empresários e inovadores tecnológicos de todos os tempos. Conhecido pelo seu perfeccionismo e excentricidade, Jobs foi um visionário que revolucionou o mundo da tecnologia. Dentre as invenções mais populares criados por ele, estão o iPod, iPhone e iPad, aparelhos que mudaram o modo de se consumir conteúdo na era digital. 

Fundação da Apple

Em meados da década de 70, ao lado de Steve Wozniak e Ronald Wayne, Jobs fundou a Apple Computer, com o lançamento do Apple I, e logo depois o Apple II.

Steve Jobs

Baseado na ideia de empresa criativa e simples, Jobs começa a arquitetar sua maior empreitada até então: o projeto Macintosh. A empreitada sugeria o desenvolvimento de uma interface gráfica baseada por navegação de ícones, pastas e janelas, sendo tudo isso acionado por um mouse - naquela época, os computadores só usavam o teclado.

Em 1984, a Apple lançou o Macintosh, o primeiro e único computador geral com recursos de desenho e tipografia, além de uma interface gráfica abundante. O lançamento do computador foi feito com um grande estardalhaço, por meio de uma grande campanha publicitária. 

Trabalho na Pixar

Em 1985, Jobs foi forçado a deixar a Apple pelo Conselho de Administração da companhia, e fundou outra empresa de computadores, a NeXT. Em 1986, comprou a Pixar da Lucasfilm, que anos mais tarde ficou famosa por uma nova linguagem de animação 3D. 

Na década de 1990, a Pixar, ainda sob liderança de Jobs, produziu o primeiro filme infantil totalmente animado por computador, Toy Story. Posteriormente, em 2006, a Walt Disney Company adquiriu a Pixar e, atualmente, o Disney/Pixar é o maior estúdio de filmes animados do mundo.

Retorno à Apple

Em 1996, a Apple, que estava desenvolvendo um novo sistema operacional, comprou de Steve Jobs a NeXT. Com esta operação, em 1997, Jobs retornou à empresa que ele fundou, desta vez, como consultor. A companhia, entretanto, estava numa situação financeira frágil, a ponto de fechar. 

Sob a orientação de Jobs, a Apple aumentou suas vendas significativamente por conta das inovações. O iMac foi o primeiro computador do mercado com várias características diferenciadas, especialmente seu design inovador e o material utilizado. 

A partir de então, a cor padrão para computadores (bege) foi sendo deixada de lado e muitos fabricantes passaram a usar outros tipos de material nos produtos de informática em geral. Desde o sucesso arrebatador do iMac, Jobs continuou trabalhando muito em ideias criativas deste nível e obtendo sucesso de vendas com elas.

Steve Jobs


iPod, iPhone e iPad

Uma de suas inovações mais significativas foi ramificar a Apple para além de seu mercado restrito da informática, passando a atuar na área de eletrônica, telecomunicações e músicas digitais.
Steve Jobs
Nesse campo de atuação, Jobs lançou, em 2001, o tocador portátil de música iPod, integrado com sua loja de venda legal de música pela internet através do iTunes, um software dedicado para reprodução de áudio, vídeo, CDs e de rádios online. O iPod conquistou o público e foi um sucesso absoluto de vendas por sua leveza, praticidade, modernidade e simplicidade.

Em 2007, a Apple passou a comercializar telefones celulares, chamados de iPhone, com tecnologia touchscreen e, em 2011, lançou no mercado o iPad, um dispositivo fácil de usar, leve de transportar e recheado de funcionalidades que conquistou rapidamente uma legião de fãs.

Steve Jobs
Jobs apresentando o iPad


iPad com tela Retina (4ª Geração) 16GB Wi-Fi Preto - Apple

O iPad agora "tem a exibição mais espetacular vista em um dispositivo móvel". E ainda mantém a coroa como o melhor tablet do planeta.

Clique aqui para comprar iPad no Submarino


Renúncia à presidência da Apple e a doença

O fundador da Apple sempre foi muito cuidadoso com as informações da vida pessoal. Por isso, a luta do executivo contra o câncer no pâncreas foi tratada com muito sigilo, dando margem a uma infinidade de boatos.

Seu estado físico foi se deteriorando com o passar dos anos e em agosto deste ano, Jobs renunciou novamente à presidência da Apple - fato que já havia ocorrido em 2009 devido a um transplante de fígado para combater a disseminação do tumor.

Ao longo de setembro, ao menos duas fotos divulgadas por sites de celebridades chocaram os admiradores de Jobs. Em ambas, ele aparecia extremamente magro e frágil. Houve questionamentos sobre a legitimidade das imagens, mas infelizmente na noite do dia 05 de Outubro a própria Apple confirmou o falecimento de Steve Jobs.

Steve Jobs


Mais do depressa, a redação da revista INFO nem esperou a próxima edição da revista e lançou uma edição especial sobre Steve Jobs. A revista conta tudo sobre: A era Apple; Os produtos revolucionários; As lições de Jobs; O futuro da empresa; O sucessor e muitos outros detalhes sobre a vida Jobs.

Na revista:
No texto, escrito com exclusividade para INFO, Kahney mostra que ninguém no mundo da tecnologia teve uma carreira como a de Steve Jobs e que a Apple deve perder um pouco da magia. Mas Jobs deixa um processo criativo muito poderoso e uma grande equipe.

Em outra reportagem, INFO mostra que até agora o século 21 tem sido da maçã, graças aos produtos “i”, criados com inteligência e inovação. São gadgets como iPod, iPhone e iPad, que mudaram não apenas o mercado, mas o mundo.

Steve Jobs

O que me deixou feliz lendo a revista especial da INFO é que não é porque ele morreu que o pintaram somente como um gênio. A revista mostrou tanto a lado “goodguy” como o lado “evil” da personalidade de Jobs, tanto as idéias brilhantes para os produtos inovadores, como os produtos da Apple que nem a genialidade dele conseguiu fazer decolar.

Fonte: com informações do Wikipedia e Jornal do Brasil

0 comentários :

Postar um comentário

 
;