Dicionário da informática - Parte 3 – Neurônio 2.0
sexta-feira, 1 de abril de 2011

Dicionário da informática - Parte 3

IPAD é a mais nova sensação do mundo tecnológico produzido pela Apple, é um dispositivo que oferece muito mais recursos que um smartphone e muito mais mobilidade que um notebook, sem falar da nova experiência de utilização. Sem dúvida que, atualmente, é a melhor forma de explorar a web: e-mails, foto, vídeos, etc. Com um design revolucionário e uma variedade de recursos e serviços disponíveis, o  iPad  foi desenvolvido para atender desde tarefas de entretenimento e laser para usuários mais leigos, até recursos mais avançados de produtividade para profissionais que necessitam de mobilidade.


As especificações técnicas incluem:
  • Tela Multi-touch (sensível ao toque) de 9,7 polegas;
  • Espessura de 0,5 polegadas pesando pesa 680 gramas;
  • Processsador A4 de 1GHz;
  • Rede sem fio e Bluetooth;
  • Bateria para 10 horas de vídeo;
  • Versões de 16, 32 e 64 GB de memória.


LINUX é o termo geralmente usado para designar qualquer sistema operacional que utilize o núcleo Linux. Este núcleo foi desenvolvido por Linus Torvalds e o seu código fonte está disponível para qualquer pessoa que queira utilizar, estudar, modificar e distribuir, desde que não seja para fins lucrativos.
Inicialmente o Linux era utilizado somente por grupos com bastante conhecimento em informática, mas atualmente o sistema passou a ter a colaboração de grandes empresas e de muitos profissionais que ajudam no desenvolvimento para que ele se torne um sistema de interface gráfica mais amigável e dessa forma cair no domínio popular e estar presente nos computadores de uso pessoal.


O pinguim acima é o símbolo/mascote do Linux. Quando questionado sobre o motivo de escolher o pingüim, Torvalds respondeu que não havia uma razão especial e comentou sobre o episódio em que foi bicado por um “pinguim assassino” em um zoológico da Austrália poucos dias antes de lançar o sistema. Declarou ainda que achava interessante que esse pingüim tivesse uma imagem simples: um pingüim "gordinho" e com expressão de satisfeito, como se tivesse acabado de comer uma porção de peixes.


GPS (Global Positioning System) ou em português, “geo-posicionamento por satélite” é um sistema de navegação por satélite que fornece a um aparelho receptor móvel a posição do mesmo, assim como informação horária, sob todas e quaisquer condições atmosféricas, a qualquer momento e em qualquer lugar na Terra, desde que o receptor se encontre no campo de visão de quatro satélites.


Além de sua aplicação na aviação e na navegação marítima, qualquer pessoa pode com a ajuda de um GPS saber sua posição geográfica, encontrar o menor caminho para determinado local, conhecer a velocidade e direção para onde está indo, etc. Atualmente o sistema está sendo muito difundido em automóveis com sistema de navegação de mapas, pois possibilita uma visão geral da área que esta percorrendo.

0 comentários :

Postar um comentário

 
;